A obra e o homenageado

Autor:João Bosco Coelho Pasin
Páginas:17-19
 
EXTRACTO GRATUITO
PRÓLOGO
A obra e o homenageado
A descoberta do grafeno e de seu múltiplo potencial inovador
ensejou uma corrida por patentes no mundo da indústria tecnológica.
Igualmente, criou novos focos de atenção: a extração da grafita pela
indústria minerária, o processo industrial de refino deste insumo e a
pesquisa aplicada relativa ao grafeno, enquanto novo material com ca-
racterísticas ímpares. De modo geral, as possibilidades revolucionárias
abertas pelo grafeno no mundo científico-tecnológico parecem ser ili-
mitadas. Não à toa, tais possibilidades vêm repercutindo em todos os
setores da indústria tecnológica; e, também, no mundo jurídico, isto
porque, o Direito evolui com a sociedade, a economia e seus avanços.
De modo particular, o Brasil figura estrategicamente como o país com
a maior reserva estimada de grafita do mundo e a Espanha como o país
com maior capacidade de produção de grafeno na atualidade. Daí, pois,
a presente obra reunir professores da Universidade de Salamanca e da
Universidade Presbiteriana Mackenzie, fundamentalmente; e, ainda, o
MACKPESQUISA apoiar financeiramente alguns de seus autores, que se
encontram vinculados ao projeto de pesquisa por mim liderado. Além
do mais, destaco que a União Europeia criou um fundo de fomento à
pesquisa tecnológica com grafeno sem precedentes na história mundial:
o consórcio GRAPHENE FLAGSHIP, que conta com uma dotação de
€1.000.000.000,00 (Um Bilhão de Euros). Portanto, estou convencido
que esta pioneira análise jurídica –e socioeconômica– é importante, em
especial, diante da existência de lacunas e obscuridades verificadas nos
ordenamentos jurídicos sobre o grafeno e seus insumos.
João Bosco Coelho Pasin 
17

Para continuar leyendo

SOLICITA TU PRUEBA